Financiamento estudantil. Qual é o melhor?

Financiamento estudantil. Qual é o melhor?

Muitas pessoas têm o sonho de concluir uma faculdade e ter uma graduação no currículo, mas não são todas que contam com as condições financeiras necessárias para realizá-lo. Até por que, estudantes universitários não costumam ter bons lucros ainda e os cursos não são nada baratos.

Para ajudar esses alunos e futuros alunos foram criadas diversas modalidades de crédito estudantil.

A preocupação em formar jovens de baixa renda aumentou em larga escala, pois enxergaram a necessidade de dar oportunidades a pessoas de todas as classes sociais. Afinal, para termos um Brasil mais justo, é preciso que todos tenham acesso ao conhecimento e a ferramentas para crescer na vida. Separamos os principais projetos de financiamento estudantil para você conhecer e ver qual se adequa melhor ao seu perfil e suas condições. Veja só:

Financiamento Estudantil PROUNI

Criado pelo Governo Federal, o prouni tem a finalidade de ceder bolsas integrais (100% de isenção) e parciais (50% de isenção) para pessoas que ainda não fizeram faculdade e que fizerem o requerimento dentro das regras e do prazo estipulado. Esse programa é direcionado a pessoas que concluíram o ensino médio em escolas públicas ou como bolsistas integrais em escolas particulares.

As inscrições ocorrem sempre duas vezes ao ano, geralmente em janeiro e junho. Para concorrer a uma vaga é preciso prestar o ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio do ano imediatamente anterior à inscrição e ter atingido nesta avaliação, o mínimo de 450 pontos na prova geral e uma nota maior que zero na redação.

Financiamento Estudantil FIES – Fundo de Financiamento Estudantil 

O FIES é um programa também pelo Governo Federal e o Ministério da Educação, que é destinado a financiar a graduação de estudantes matriculados em faculdades privadas. Com esse benefício, os alunos não recebem descontos como no PROUNI, mas é a opção de financiar os estudos, começando a pagar somente depois de se formar.

É possível se candidatar em qualquer período do ano, desde que esteja matriculado em alguma instituição de ensino superior.

O aluno que optar pelo crédito estudantil FIES deverá seguir essas formas de pagamento:

Fase de utilização: Durante o período de duração do curso, o estudante pagará, a cada três meses, o valor máximo de R$ 150,00.

Fase de carência: Após a conclusão do curso, o estudante terá 18 meses (um ano e meio) de carência para recompor seu orçamento. Nesse período, o estudante pagará, a cada três meses, o valor máximo de R$ 150,00.

Fase de amortização: Encerrado o período de carência, o saldo devedor do estudante será parcelado em até 3 vezes o período financiado da duração regular do curso.

Financiamento Estudantil EDUCA + BRASIL

Sem ligação com o governo federal e qualquer outro programa de financiamento, o Educa Mais Brasil é um projeto que de inclusão educacional do Brasil, que visa conceder bolsas parciais a quem não tem condições de pagar mensalidades integrais em faculdades privadas.

Os descontos oferecidos são de até 70% para cursos de graduação, pós-graduação, educação básica, cursos técnicos, cursos de idiomas, cursos livres, etc. Esse programa é voltado, principalmente, para estudantes de baixa renda familiar e que estão fora do cenário estudantil.

Financiamento Estudantil QUERO BOLSA

É um site sem fins lucrativos que também funciona oferecendo bolsas estudantis e descontos em cursos de faculdades privadas de todo o país. São dezenas de instituições parceiras, com cursos de diferentes áreas para você escolher.

Ao entrar no site oficial você verá a lista completa de faculdades e fará seu cadastro, requisitando uma proposta personalizada para o seu perfil. Você receberá um e-mail com um cupom do desconto negociado e entregar na instituição escolhida. Rápido e simples!

Financiamento Estudantil PEP – Parcelamento Estudantil Privado

O PEP, Parcelamento Estudantil Privado é um programa de parcelamento dos estudos de ensino superior. Há uma lista com seis faculdades participantes e você escolherá a que melhor se encaixa em seu perfil e que oferece o curso que quer cursar.

O valor a ser parcelado é o da mensalidade (o que você deve pagar todos os meses) e, até o momento, só é válido para alunos matriculados em cursos presenciais. São seis instituições que se uniram em prol dos estudantes brasileiros.

Você consegue parcelar até 70% da faculdade sem qualquer tipo de acréscimo ou juros. O pagamento é feito somente depois da formação no mesmo tempo de duração do curso e não exige que a pessoa tenha realizado o ENEM.

Gostou de conhecer os diversos tipos de financiamentos estudantis? Não perca a chance de realizar o sonho de fazer uma faculdade, escolha o que tem mais a ver com suas condições atuais. Boa sorte!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *